Latest Post

Armas e munições foram apreendidas na cidade de Mato Grosso, em poder de dois aposentados

Written By Francisco Dantas on sexta-feira, 22 de agosto de 2014 | sexta-feira, agosto 22, 2014

Na tarde desta quinta-feira (21), o trabalho da Polícia Civil da 18ª AISP, com o GTE de Catolé do Rocha e São Bento, através de cumprimento de mandado de busca e apreensão, localizou na cidade de Mato Grosso (PB), em poder de dois aposentados, armas e uma farta quantidade de munições.

Segundo informações da Polícia Civil, na residência de um Senhor conhecido por Seu Louro, os agentes encontraram dois revólveres calibre 38, três espingardas de calibres 28, 32 e 36 respectivamente, aproximadamente 50 munições de calibre 38, 12 munições de calibre 44 (estas de uso restrito), 02 munições de fuzil 762, 07 munições de calibre 12, outras várias munições de calibres variados, a quantia de R$ 3.100,00 em espécie, uma nota de R$ 100 aparentemente falsa, além de 02 rádios HT de comunicação.

Na residência do outro aposentado, identificado por Cícero, a polícia encontrou um revólver 38 e doze munições intactas.

O trabalho foi coordenado pelos delegados, Dr. Jorge Luiz Almeida e Dr. Rodrigo Dantas de Andrade, com apoio do GTE de catolé do Rocha e São Bento e agentes da Polícia Civil da 18ª AISP.

Os dois acuados, assim como as armas e munições apreendidas foram entregues as autoridades policiais para serem tomadas as providências cabíveis.

Por Portal Catolé News

Situação da saúde de Aracy Balabanian é estável, segundo boletim

Written By Francisco Dantas on quinta-feira, 21 de agosto de 2014 | quinta-feira, agosto 21, 2014


Desde a última quinta-feira (14), atriz Aracy Balabanian está internada no hospital Pró-Cardíaco, no Rio de Janeiro, com infecção pulmonar. Segundo boletim médico divulgado nesta quinta-feira (21), o estado de saúde dela é estável e está respondendo bem ao tratamento. 

Aos 74 anos, Aracy está no ar na novela Geração Brasil, na qual interpreta a dona de casa Iracema. Ela tem 50 anos de carreira e é conhecida pelos seus papéis em grandes novelas, como Rainha da Sucata, e no humorístico Sai de Baixo. 

Veja o boletim médico completo. 

"Rio de Janeiro, 21 de agosto de 2014 – O Hospital Pró-Cardíaco informa que a atriz Aracy Balabanian vem respondendo bem ao tratamento da infecção respiratória. O seu estado de saúde prossegue estável."


Por: R7

Prefeitura de Paulista sedia ação social do Programa Nacional de Documentação de Trabalhadores Rurais

O Programa atenderá tanto a moradores das zonas urbana e rural.

A Prefeitura Municipal de Paulista-PB, em conjunto com o MDA (Ministério doDesenvolvimento Agrário), através do Programa Nacional de Documentação de Trabalhadores Rurais, AVISA que no dia 29 de agosto do corrente ano estará atendendo na Escola Municipal Cândido de Assis Queiroga, a partir das 08:00 hs, onde serão emitidos os seguintes documentos: 

IPC: Carteira de Identidade: (1ª via) levar certidão de nascimento ou de casamento (original) e 02 fotos 3x4,  (2ª via) levar certidão de nascimento ou de casamento (original), a identidade anterior   (ou nº), ou boletim de ocorrência (caso tenha perdido) e 02 fotos 3x4.

MTE: Carteira de Trabalho: a partir de 16 anos de idade, levar certidão de nascimento ou de casamento (original) e 01 foto 3x4, (2ª via) levar certidão de nascimento ou de casamento (original), a carteira de trabalho anterior ou boletim de ocorrência (caso tenha perdido) e 01 foto 3x4.

MINISTÉRIO DA FAZENDA: CPF: levar carteira de identidade ou certidão de nascimento ou de casamento (original) e, para maiores de 18 anos apresentar título de eleitor, 2ª via o nº do CPF e, para maiores de 18 anos título de eleitor.

INSS : NIT, CNIS, EXTRATO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO, AGENDAMENTOS, INFORMAÇÕES E ORIENTAÇÕES SOBRE BENEFÍCIOS, ACERTO DE DADOS CADASTRAIS, HALITAÇÃO DE BENEFÍCIOS ( Aposentadoria, BPC idoso, Salário maternidade, auxílio reclusão, pensão), 2ª VIA DO EXTRATO PARA IMPOSTO DE RENDA, 2ª VIA DA CARTA DE CONCESSÃO E MEMÓRIA DE CÁLCULO, FORMULÁRIOS PARA REQUERIMENTOS DE BENEFÍCIOS, ACERTO DE ATIVIDADESE ACERTO DE INSCRIÇÃO, CONSULTA DE SITUAÇÃO DE REQUERIMENTO DE BENEFÍCIOS.

INCRA: EMISSÃO DE CCIR, DAP, ATUALIZAÇÃO CADASTRAL NO SIPRA, CADASTRO DE ACAMPADOS, EMISSÃO DE DECLARAÇÃO DE ASSENTADOS, OUTRAS INFORMAÇÕES E ORIENTAÇÕES.

Por PaulistaPB.net 

Paciente quebra porta de Farmácia Básica de São Bento, na manhã desta quinta-feira (21)

Uma paciente, que toma remédio controlado, quebrou uma das portas da Farmácia Básica do município de São Bento, na manhã desta quinta-feira (21).

Segundo funcionários da Farmácia Básica, a mulher toma o medicamento DIAZEPAM, e pegou o remédio no dia 31 de julho deste mês, vindo novamente ao órgão, antes do prazo previsto, que é de 30 dias, para recebê-lo outra vez.

Como teve o pedido negado, a paciente saiu, bateu a porta e a quebrou.
Perguntada sobre o assunto, a Secretária de Saúde do município, Sandra Núbia, explicou que o total de medicamento a ser entregue tem que ser suficiente para um mês, o que já havia sido feito.

Ela alertou, ainda, que esses medicamentos controlados precisam de um controle especial, o qual deve ser inspecionado pela Vigilância Sanitária Municipal.



Por Leomarque Pereira.
Quinta, 21/08/2014.

Veja como foi o confronto direto entre os candidatos a governador em debate

Written By Francisco Dantas on quarta-feira, 20 de agosto de 2014 | quarta-feira, agosto 20, 2014

O quarto bloco do debate da TV Arapuan, na noite desta terça-feira (20), possibilitou a realização de perguntas com temas livres entre os candidatos ao Governo do Estado. Confira como foi:

Cássio - Tárcio

O primeiro candidato sorteado foi o senador Cássio Cunha Lima (PSDB). Ele perguntou ao candidato Tárcio Teixeira (Psol) sobre qual seria a sua política pública para a área de saneamento básico do Estado. Em resposta, Tárcio assegurou que não irá privatizar a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), prometeu a valorização dos servidores da entidade, aparelhagem e a realização de concurso público para a categoria.

Na réplica, Cássio prometeu retornar, caso seja eleito, com o programa “Boa Nova”, fortalecendo as ações de saneamento básico e a instalação de medidas de abastecimento de água, pavimentação e drenagem nos 223 municípios da Paraíba. 
Na réplica, Tárcio Teixeira alertou o candidato tucano para a dificuldade do paraibano, principalmente, do cidadão do semiárido de ter acesso à água potável.

Tárcio – Ricardo 

O segundo sorteado foi Tárcio Teixeira, que questionou o governador e candidato à reeleição Ricardo Coutinho (PSB) sobre as queixas dos servidores públicos relativas à falta de diálogo do chefe do Executivo estadual com os servidores e o congelamento de gratificações de várias categorias. 

Em resposta, Ricardo disse que foi o governador que mais dialogou com o povo na história da Paraíba. O socialista alegou que criou o Orçamento Democrático Estadual (ODE), que possibilitou o contato com mais de 140 mil pessoas e disse que governar o Estado não é cuidar apenas de uma “folha de pagamento”, mas beneficiar o agricultor, a saúde, a educação, entre outras áreas.

Na réplica, Tárcio acusou o governador “desrespeitar” os servidores ao falar que não governava para uma “folha de pagamento”. Segundo o membro do Psol, é preciso que o chefe do Executivo receba os servidores, dialogue, implante o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), o piso salarial do magistério, a Lei do Subsídio dos servidores do Fisco, entre outras medidas.

Na tréplica, Ricardo afirmou que o mundo não gira em torno do candidato do Psol. Ele afirmou que o funcionalismo estadual não são as pessoas que giram em torno de Tárcio Teixeira, mas dos professores que, “hoje, recebem melhor e das escolas que estão mais bem equipadas”.

Vital do Rêgo – Major Fábio 

Na sequência, o candidato Vital do Rêgo (PMDB) questionou Major Fábio (Pros) sobre o “governo promovido pelos antigos aliados, Ricardo Coutinho e Cássio Cunha Lima (PSDB), nos últimos quase quatro anos”. 

Major Fábio respondeu Vital com outra pergunta, mas endereçada ao senador Cássio. Ele quis saber sobre como teria sido a sua reação do tucano quanto à demissão de milhares de servidores “no atual governo”. “Eu queria saber porque Ricardo foi criado por Cássio, é o criador e a criatura”, disse. 

Vital disse que se comprometia a fazer diferente de Ricardo e Cássio, assegurando um programa de Estado, um plano integrado de desenvolvimento que comprometerá a gestão com o bem estar das futuras gerações. “Vamos trazer a Paraíba ao caminho do desenvolvimento perdido”, concluiu. 

Major Fábio - Cássio

Em seguida, o candidato Major Fábio questionou o senador Cássio Cunha Lima sobre qual seria a sua política “revolucionária” para a educação estadual, caso consiga exercer um novo mandato.
Em resposta, Cássio relembrou conquistas de antigas gestões suas, a exemplo da implantação do PCCR do magistério; da instalação do ensino médio nos 223 municípios da Paraíba. Ele também assegurou que vai investir no melhoramento dos educandários e realização de concurso público.
Na réplica, Major Fábio criticou as brigas políticas entre candidatos e destacou a importância da valorização dos jovens, através do fortalecimento da política educacional e de incentivo ao desporto. Segundo eles, uma parcela mínima de crianças e adolescentes sabem interpretar um texto e as regras básicas de matemática. “A nossa juventude clama por políticas públicas eficazes”, disse.
Ricardo - Vital
A última pergunta do quarto bloco foi realizada pelo governador Ricardo Coutinho ao senador candidato Vital do Rego. O socialista quis saber a opinião do peemedebista sobre a gestão do Governo do Estado, que no ano de 2006, deixou de aplicar o mínimo valor constitucional na área de saúde, mesmo com determinação judicial do Ministério Público Federal.
Em resposta, Vitalzinho lamentou o fato, mas também criticou a atual gestão de “terceirizar” a saúde pública do Estado. Vital prometeu valorizar o servidor da saúde e abrir novas unidades de saúde. “O PMDB tem compromisso com a saúde, pois, foi o partido que construiu os hospitais de Emergência e Trauma de João Pessoa e de Campina Grande”, disse.
Na réplica, Ricardo Coutinho relembrou a fila da morte na Paraíba e o problema dos bebês cardiopatas em situação de risco. Ele afirmou que o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, melhorou o atendimento, ampliou a quantidade de atendimento e de cirurgias e disse que a unidade não é terceirizada, mas segue o exemplo adotado em governos do PT e do próprio PMDB, através da gestão pactuada.
Na tréplica, Vital disse que vai criar um comitê gestor para acompanhar as ações de saúde do Estado, prometeu construir um hospital pediátrico no lugar onde hoje fica a Granja Santana – residência oficial do governador -, e transformar a maternidade Arlinda Marques em um hospital da mulher.
Com WSCOM Online

PB tem 16 açudes com menos de 5% e 200 mil pessoas sem água; cisternas chegam para 81 mil

Apesar das chuvas registradas no Leste da Paraíba, suficientes para garantir situação confortável nos mananciais dessa região, o interior do estado tem pouco mais de 200 mil pessoas que sofrem com a escassez de água. Essa população que fica em 16 cidades depende de 21 reservatórios que têm menos de 5% da capacidade. Os dados dos volumes dos açudes são disponibilizados pela Agência Executiva de Gestão das Águas.

Uma das alternativas para aqueles que sofrem com a falta de água é a utilização de cisternas de polietileno, que acumulam 16 mil litros, provenientes da chuva ou de outras fontes, e abastecem uma família de quatro a cinco pessoas por até nove meses de estiagem.

Atualmente, nove municípios paraibanos contam com cisternas de polietileno, o que soma uma população estimada de 81 mil pessoas: Araruna, Areial, Cacimba de Dentro, Dona Inês, São Sebastião de Lagoa de Roça, Soledade, Belém do Brejo do Cruz, Igaracy, Quixaba e Lagoa.

O Estado recebeu 5 mil unidades e desse total, apenas 102 faltam ser instaladas. A previsão é que os trabalhos sejam concluídos até dezembro deste ano.

Segundo a Acqualimp, fornecedora dos reservatórios na Paraíba, o material utilizado na fabricação dos equipamentos é adequado à região. "A resina de polietileno somente pode fundir a uma temperatura de 147° C, sendo que a temperatura máxima no semiárido pode oscilar em torno de 50° C em períodos de clima mais severo. Além disso, essa é uma tecnologia consolidada internacionalmente e utilizada há mais de duas décadas em países com temperaturas semelhantes ou até mais críticas que as encontradas no Nordeste brasileiro", explica Amauri Ramos, diretor da Companhia. A durabilidade e resistência é outra característica do equipamento.

"O polietileno, por sua elasticidade, impede que os tanques apresentem fissuras e trincas. O uso do polietileno também impede vazamentos da água, assim como a contaminação por outros líquidos e resíduos sólidos. Desta forma, preserva a qualidade da água armazenada e proporciona benefícios para a saúde da população atendida. Uma cisterna de polietileno pode durar até 30 anos", conclui Ramos. 

Com Portal Correio
 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2011-2014.
Template Criado Por Francisco Dantas Portal Paulista Online
Proudly powered by Blogger